Notícias

Revista AEAS

Geral

Voltar26/03/2018

Palestra sobre erosão da Ponta da Praia atrai quase 200 pessoas

Imagem Palestra sobre erosão da Ponta da Praia atrai quase 200 pessoas

A erosão que a Ponta da Praia sofre há anos, mas que recentemente ganhou maiores proporções devido às fortes ressacas, vem atraindo cada vez mais o interesse da população. Em 22 de março, a palestra realizada na AEAS sobre o assunto, com a presença dos autores do projeto contra a erosão, reuniu quase 200 pessoas. 

Os pesquisadores da faculdade de Engenharia Civil, Arquitetura e Urbanismo (FEC) da Unicamp Patrícia Dalsoglio Garcia, Ricardo Martins Campos e Tiago Zenker Gireli vieram de Campinas para falar sobre o sistema de bags (sacos), método inédito no Brasil em obras costeiras, mas já utilizado em outras partes do mundo com resultados bem sucedidos.

São esses bags (sacos) de tecido geotêxtil, preenchidos com sete mil toneladas de areia, que farão duas barreiras submersas para quebrar a força das ondas. Segundo os autores, a ideia é monitorar o projeto para os resultados obtidos deem uma diretriz para uma obra definitiva ou se a utilização de bags já pode ser a obra definitiva, desde que acompanhada de obras complementares.

O prazo para realização desse tipo de intervenção depende muito das condições climáticas, mas a previsão é que sua duração seja de 40 a 50 dias. O primeiro bag foi instalado no dia 17 de fevereiro, sendo um total de 49.

A obra, no valor R$ 2,9 milhões, será custeada por recurso liberado pelo Ministério Púbico Estadual (MPE), resultado de multa ambiental por acidente ocorrido no Porto de Santos. O valor já foi depositado no Fundo Municipal de Meio Ambiente e reservado para este fim.

Para conferir as fotos do evento, clique no link https://www.flickr.com/photos/140893958@N03/albums/72157691728575152